Minhoto soma assim a segunda derrota consecutiva

Após a eliminação na última ronda do Qualifying diante de Christopher Eubanks,o tenista português, João Sousa, entrou no quadro principal como Lucky Loser diretamente para a segunda ronda do ATP 250 de Auckland, substituindo Francisco Cerundolo, 30.º ATP e quarto cabeça-de-série. Nesta ronda, o tenista vimaranense defrontou Richard Gasquet, que havia vencido Kiranpal Pannu, tenista local, por 6-3 e 6-1 na 1ª ronda.

A partida começou com os servidores a dominarem os respetivos jogos de serviços. O sexto jogo de serviço teve de ir às vantagens, mas o tenista francês conseguiu fazer o 3-3. O set continuou ao ritmo dos servidores, que levaram o set para o tiebreak. No tiebreak, o equilíbrio ainda permaneceu até ao 2-2, mas Richard Gasquet venceu os cinco pontos seguintes para o primeiro set por 6-7 (2-7).

Era esperado uma reação do tenista luso no início do segundo set. Isso aconteceu ao terceiro jogo deste parcial com João Sousa a dispôr de dois break points. Contudo, o tenista francês conseguiu eliminá-los e fazer o 1-2. No jogo seguinte, foi a vez do tenista português ter de salvar um break point antes de fazer o 2-2.

No entanto, o tenista francês conseguiu chegar mesmo ao break no sexto jogo do parcial e ganhou o seu jogo de serviço para fazer o 2-5. A servir para não perder o encontro, o tenista português não conseguiu parar o tenista francês, que fez outro break para fechar a partida com uma vitória por 6-7 (2-7) e 2-6.

O tenista vimaranense viaja agora para a Austrália, onde irá participar no Open da Austrália. A sua participação será em singulares e em pares, ao lado do português Francisco Cabral. O primeiro Grand Slam da época decorre de 16 a 29 de Janeiro no Melbourne Park.