Apesar do desfecho infeliz, a deslocação do ABC Braga/UMinho à Eslovénia não fechou a porta dos palcos europeus.

Em busca da sua primeira presença na fase de grupos da EHF European League, o ABC Braga/UMinho foi a jogo, perante o RK Trimo Trebnje, na casa dos eslovenos. Numa partida cujos minutos iniciais evidenciaram algum nervosismo da formação bracarense, a equipa da casa surgiu por cima. Foi necessário esperar cinco minutos para o primeiro tento minhoto que, apesar da demora, restabeleceu a igualdade no marcador.

As equipas foram crescendo dentro de campo, assumindo alternadamente períodos de controlo do encontro. Desta forma, não houve espaço para grandes investidas no resultado, num confronto bastante equilibrado que viu os conjuntos regressarem aos balneários com uma igualdade a 14.

Contrariamente aos instantes iniciais da primeira parte, a turma portuguesa assumiu o comando da partida, alcançando uma vantagem de três golos, à passagem do minuto 38. Mesmo com o adversário à espreita, o ABC Braga/UMinho permaneceu em vantagem durante um largo período da segunda parte. A história mudou ao minuto 52, com o RK Trimo a regressar à liderança, algo que não acontecia desde o 15-14.

A discussão do resultado manteve-se acesa, mas os minhotos não foram capazes de regressar à vantagem. Com um golo do conjunto amarelado ao cair do pano, o marcador encerrou em 31-29, favorável ao conjunto esloveno.

As ambições bracarenses mantêm-se altas, agora com dois golos para recuperar em casa, na segunda mão do play-off de acesso à Liga Europeia. O jogo de todas as decisões está marcado para as 17h30 do próximo sábado (2 de setembro), no Pavilhão Flávio Sá Leite.