Reprogramação do PRR foi aprovada recentemente.

O Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), o novo programa Impulso Mais Digital e outras iniciativas formativas para jovens e adultos vão receber um investimento de 190 milhões de euros. Este reforço deve-se à aprovação da reestruturação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

O Ministério justificou o aumento da verba para o PNAES, na ordem dos 70 milhões de euros, com o facto de que “se destina a apoiar as instituições a fazer face ao aumento dos custos de construção verificados no último ano, garantindo assim as melhores condições financeiras para a concretização das empreitadas aprovadas”. O investimento vai totalizar 517,4 milhões.

Já o novo programa Impulso Mais Digital, que foi apresentado pelas 15h desta sexta-feira, recebe 105 milhões de euros. A iniciativa consiste na reforma e modernização das Ciências Agrárias e da Medicina, desenvolvimento de competências digitais e inovação de modernização pedagógica, para além do financiamento do Programa de Promoção de Sucesso e Redução de Abandono no Ensino Superior.

A sessão de apresentação do programa decorreu no Salão Nobre do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, contando com as intervenções da ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, da ministra da Ciências, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, e de Elisa Ferreira, comissária europeia para a Coesão e Reformas. Estão previstos ainda 15 milhões para serem distribuídos pelos projetos Impulsos Jovens STEAM e Adultos.