Os minhotos não foram capazes de repetir o registo na época transata.

Neste sábado, o FC Famalicão deslocou-se a Lisboa onde enfrentou o SL Benfica, para os 16 avos da Taça de Portugal. Os famalicenses saíram desta partida com uma derrota, falhando a permanência na competição.

A primeira grande oportunidade do encontro veio aos dez minutos, com João Mário a fazer um grande passe a Fredrik Aursnes, cujo remate foi parado por Reis. A equipa minhota não se deixou abalar e, aos 13’, realizou um contra-ataque que quase acabou em golo, sendo Anatoliy Trubin o salvador das águias.

No entanto, os encarnados continuaram a dominar e a pressionar fortemente a defesa famalicense, que cometeu alguns erros que só não se tornaram em algo pior graças à habilidade defensiva de Reis. A turma comandada por João Pedro Sousa voltou a mostrar a sua garra, com um ataque aos 28 minutos, em que Luís Rodriguez foi capaz de passar pela defesa da equipa da casa e rematar à baliza, tendo Anatoliy Trubin evitado o golo mais uma vez.

A primeira parte do jogo encerrou-se com um surpreendente nulo no marcador, com tanto o SL Benfica como o FC Famalicão a registar várias chances perigosas, mas, para infelicidade de ambos os lados, a serem incapazes de concretizar de forma certeira. No entanto, apesar de vários ataques sofridos, a equipa da casa mostrou-se superior e dominou o primeiro tempo, algo que veio a ter consequências na segunda metade do encontro.

A segunda metade da partida abriu com uma falta de Gustavo Sá sobre Di María, ganhando assim um livre para as águias. Foi o próprio extremo argentino a bater o livre de forma perfeita, servindo o compatriota Otamendi, que ficou a centímetros de abrir o placar. Ainda aos 59 minutos, os encarnados ameaçaram as redes adversárias com um cruzamento de Fredrik Aursnes, não aproveitado por Rafa na cara do guarda-redes.

A defesa dos minhotos começava a somar cada vez mais erros, facto esse que pesou aos 72’, quando Tengstedt avançou pela esquerda para o cruzamento. Riccieli tentou cortar o passe mas acabou por empurrar a bola para dentro da sua baliza, dando a liderança à equipa da casa.  As dificuldades do FC Famalicão continuaram a aumentar com a expulsão de Otávio que, apenas dois minutos depois do primeiro tento, impediu uma oportunidade clara de golo e recebeu o cartão vermelho direto.

As águias, que até então lideravam com uma vitória magra, continuaram a alta pressão e, aos 77 minutos, após uma bela recuperação e um passe de João Mário, conseguiram voltar a marcar com um remate cruzado de Rafa.

Os famalicenses caem, assim, na Taça de Portugal e falham em alcançar os oitavos de final da competição. A equipa minhota tem o próximo jogo marcado para o dia 2 de dezembro, onde farão frente ao FC Porto, em casa. Este confronto está marcado para as 18:00, contando para a 12ª jornada da Liga Portugal Betclic.