Gilistas derrotam axadrezados após sete jogos sem vencer no campeonato.

No passado sábado, o Gil Vicente FC recebeu, no Estádio Cidade de Barcelos, o Boavista FC, numa partida a contar para a décima quinta jornada da Liga Portugal Betclic. O confronto foi equilibrado, onde um penálti decidiu o resultado.

A primeira oportunidade de golo para os caseiros surgiu à passagem do minuto 8. Murilo tentou rematar com um ângulo muito apertado, porém a bola acabou por sair pela linha lateral. Em jeito de resposta, ao minuto 14, o eslovaco Boženík rematou de forma potente, mas Andrew defendeu para a trave, evitando o golo dos visitantes.

A turma anfitriã reagiu e, ao minuto 22, Maxime Dominguez fez um remate rasteiro, no entanto, João Gonçalves defendeu a bola para a frente, sendo posteriormente cortada por Rodrigo Abascal. Apesar dos esforços de ambas as equipas, a primeira parte chegou ao fim sem golos.

Com o regresso dos balneários veio também o golo dos minhotos. Após um choque com Pedro Malheiro, Félix Correia caiu e Luís Godinho foi chamado pelo VAR para analisar o lance, assinalando grande penalidade a favor dos barcelenses. Foi Murilo quem converteu o penálti, chutando para o meio da baliza. Os forasteiros começaram a pressionar mais, à procura do empate, contudo, não foi o suficiente para evitar a derrota pela margem mínima em Barcelos, no último jogo do ano civil de 2023.

Após este resultado, a formação de Vítor Campelos encontra-se no 14º lugar da tabela classificativa, com 15 pontos. No próximo sábado, dia 6, pelas 15h30, os galos viajam até Faro, para defrontar o SC Farense, na décima sexta jornada da Liga Portugal Betclic.