O OC Barcelos perdeu frente ao FC Barcelona, mas continua na luta pelo primeiro lugar.

Nesta quinta-feira, dia 11 de janeiro, o Palau Blaugrana foi o palco do embate entre FC Barcelona e OC Barcelos . O jogo, a contar para a terceira jornada da fase de grupos da WSE Champions League, terminou com derrora lusa.

A primeira parte contou com inúmeras investidas de ambas equipas, mas sem nunca conseguir a finalização. O único golo do primeiro tempo surgiu ao minuto 14, por meio de uma jogada individual e Ignacio Alabart.

A quatro minutos do intervalo, houve um penálti a favor dos barcelenses graças a uma falta de Xavi Barroso sobre Danilo Rampulla. Luís Querido foi chamado a bater, mas acabou negado por Sergi Fernández.

No regresso dos balneários notou-se uma mudança na filosofia de jogo do conjunto catalão. Diminuíram a intensidade dos contra-ataques e começaram a jogar de forma mais organizada. Enquanto isso, a turma minhota mostrou não ter perdido ímpeto e continuou atrás do golo do empate, mas sempre sem conseguir finalizar.

O resultado manteve-se inalterado e, a três minutos do apito final, quando o resultado parecia já decidido, houve tempo para mais três golos. Primeiro, Pau Bargalló ampliou a vantagem para 2-0, no seguimento de um livre direto, que surgiu da décima falta dos minhotos.

De seguida Miguel Rocha reduziu para 2-1, de penálti. Ainda no mesmo minuto João Rodrigues voltou a ampliar vantagem blaugrana. Foi o sexto golo da competição do português.

Com esta derrota, o OC Barcelos encontra-se no segundo lugar do grupo. Na próxima quinta-feira, dia 25 de janeiro, defrontará de novo o FC Barcelona, no Pavilhão Municipal de Barcelos.