O SC Braga venceu o SC Farense pela margem mínima

Neste domingo, dia 18 de fevereiro, realizou-se pelas 20:30 o embate entre as formações do SC Braga e do SC Farense. Este encontro contou para a 22ª jornada da Liga Portugal Betclic e, apesar do controlo por parte da equipa da casa, o resultado ficou em aberto até aos instantes finais.

Os minhotos assumiram as rédeas da partida desde o início, tendo dado o primeiro sinal de perigo aos 20 minutos. Fonte subiu no terreno e efetuou um cruzamento com peso e medida para Banza, que apareceu nas alturas para responder, mas sem sucesso.

Aos 27’, foi a vez de Roger Fernandes tentar causar estragos à defensiva adversária. O jovem de apenas 18 anos cruzou tenso, para emenda de Pizzi, que não chegou a tocar na bola. Mesmo assim, o esférico dirigiu-se na direção da baliza, obrigando o guarda-redes dos algarvios a uma atenta intervenção.

Ao minuto 40, o guardião dos leões de Faro congelou o Estádio Municipal de Braga. Moutinho assumiu a marcação de um penálti conseguido por Banza e bateu colocado para grande parada de Ricardo Velho, que adivinhou o lado e espalmou para longe da sua baliza.

Até então, os forasteiros só criaram perigo através de ataques rápidos provenientes de falhas da turma de Artur Jorge. De tal modo, conseguiram um livre direto em cima do intervalo. Mattheus Oliveira, um verdadeiro astro nas bolas paradas, atirou ainda longe do alvo, mas a bola passou bem perto do alvo.

Na segunda metade, sucedeu-se a contínua superioridade dos bracarenses. Aos 62 minutos, foi nessa maré do jogo que os caseiros chegaram à vantagem, através da sua referência mais avançada no terreno, Simon Banza. O congolês recebeu o cruzamento de Roger Fernandes, proveniente do corredor direito, e cabeceou de forma exímia para o fundo das redes.

Apenas 11 minutos depois, foi estabelecida a igualdade no marcador. Numa jogada de insistência por parte dos algarvios, após vários cortes defeituosos dos defesas arsenalistas, surgiu o cruzamento de Rafael Barbosa, para o qual Belloumi respondeu com qualidade, efetuando o primeiro tento da sua equipa no encontro.

A resposta dos gverreiros do Minho ao golo sofrido revelou-se rápida e eficaz. Ao minuto 84, Niakaté ganhou um ressalto dentro da área e atirou um verdadeiro petardo, que embateu no poste da baliza do SC Farense. Na sequência a essa jogada, Borja cruzou a partir do corredor esquerdo para o cabeceamento de Banza, que amorteceu o esférico para Niakaté. O maliano voltou a rematar para mais uma enorme intervenção de Ricardo Velho, mas a bola voltou a sobrar para o conjunto da casa, que finalmente celebrou um remate certeiro de Cher Ndour, que voltou a colocar o SC Braga na liderança.

Aos 93’, Rony Lopes tentou ampliar a vantagem, através de uma iniciativa individual. O médio surgiu pela direita do ataque bracarense e conduziu a bola até junto da área, onde triangulou com Vítor Carvalho. O internacional português rematou em arco, mas o guardião dos leões de Faro voltou a brilhar.

A partida foi dada por terminada com o placar em 2-1. Com este resultado, os minhotos mantêm-se na quarta posição da tabela classificativa, com 43 pontos. Os arsenalistas têm o próximo encontro com o Qarabag FK, a contar para a segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa. Este duelo será realizado no dia 22 de fevereiro, pelas 17:45, no Baku Olympic Stadium, no Azerbaijão.